Ministro elogia vanguarda de MS na criação de programas de Carbono Neutro

Mato Grosso do Sul é vanguarda na sustentabilidade e líder em projetos de Carbono Neutro no Brasil. A atuação do Estado em políticas públicas voltadas para a produção limpa e sustentável foi elogiada pelo ministro da Agricultura, Marcos Montes, que participou na tarde de segunda-feira (6), da Agenda Verde no Bioparque Pantanal, por meio de videoconferência.

“Mato Grosso do Sul tem uma tradição em tecnologia e hoje confirma este protagonismo ao sediar um evento desta importância, onde temas de interesse da alimentação mundial são debatidos”, afirmou Montes.

A preocupação em executar políticas públicas que melhorem a produção sem afetar o meio ambiente foi novamente evidenciada na palestra do governador Reinaldo Azambuja.

“Hoje é um dia especial para Mato Grosso do Sul. Estamos trabalhando junto com a pesquisa e a ciência para realizar projetos que garantam segurança alimentar sem esquecer da sustentabilidade”, afirmou.

Azambuja destacou os bons resultados em programas como o Cadastro Ambiental Rural, onde MS tem mais de 78 mil propriedades regularizadas. “Isso equivale a 97% das fazendas do Estado cadastradas. Além disso, recuperamos mais de 2,8 milhões de hectares de pastagens degradadas com pesquisas e inovação”, acrescentou.

O governador ainda falou sobre o Precoce MS, programa que reduziu o tempo de abate de bovinos para 16 meses e ajuda a baixar a emissão de gases de efeitos estufa no meio ambiente. “Pegamos o programa anterior, aperfeiçoamos e hoje colhemos os bons frutos. Além disso os produtores ganham. Somente de incentivos foram mais de 100 milhões (de reais) pagos no ano passado”, enfatizou.

O governador participou ainda da assinatura do Projeto de Bioinsumos e do Hub de Inovação Tecnológica.

Veja também