Católicos paraguaios celebram novena em honra à Virgem de Caacupê

Teve início ontem (29), e vai até 8 de dezembro, a 26ª edição da novena em honra à Virgem dos Milagres de Caacupê, em Pedro Juan Caballero, padroeira do Paraguai, e que no Brasil é conhecida como Nossa Senhora da Imaculada Conceição.

A festa mariana, que já é tradicional no país vizinho, ficou suspensa em 2020 devido às medidas de biosseguranças impostas pela pandemia da Covid-19, e neste ano, foi liberada a participação do público.

A novena tem como lema ‘Imediatamente se puseram a anunciar Cristo’, e o tema ‘A Palavra de Deus na missão da Igreja. Os leigos e a Palavra de Deus’.

A primeira missa foi presidida pelo padre Alejo Insfrán e teve como convidada a paróquia Santíssimo Redentor, de Zanja Puytã, com o acompanhamento do coro do ministério da música a cargo do professor Gerardo Arguello, Julio Acuña e Néstor Alcaráz.

Nesta terça, o tema do segundo dia da novena é ‘A Eucaristia e o apelo à santidade para os leigos’, sendo celebrada pelo padre Emilio González, tendo como convidada a paróquia San Alfonso.

Programação

Diariamente, às 6h, acontece a oração do Santo Rosário nas rádios Amambay 570AM, 102.1 FM Rádio Ciudad, e 106.9FM Radio Católica.

Às 17h30 tem confissão, 18h15 oração do Santo Rosário e às 19h, celebração da Missa.

Por causa da pandemia, os fiéis são orientados a seguirem os protocolos de biossegurança como uso de máscara, distanciamento social e higiene das mãos.

Veja também