Desfile de cães marca encerramento do curso de moda pet no Rede Solidária

Apostando em um mercado promissor o programa Rede Solidária, desenvolvido pelo Governo do Estado e gerenciado pela Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), encerrou esta semana o curso de capacitação em vestuário voltado para moda Pet.

De acordo com a instrutora responsável pelo curso, Luane Sales de Oliveira, o Brasil é o terceiro maior mercado no mundo quando se trata em faturamento com moda pet. “O setor é bastante promissor, e o Senai tem como intuito formar profissionais que tenham as habilidades exigidas pelo mercado, principalmente em áreas em ascensão como nesse caso”, analisa.

Para ela parcerias como esta são de extrema importância para ampliar o acesso ao conhecimento, levando informação e capacitação para as comunidades. “Capacitamos as alunas para dar a oportunidade de competirem no mercado, gerando renda para suas famílias e girando a economia. Eu sinto só gratidão por poder fazer esse trabalho, é muito bom ver as alunas chegando cheias de projetos, e poder velas realizando durante o aprendizado”, conta Luana.

Prova disso é a artesã Luzia Garcia, que já fez venda de suas primeiras peças confeccionadas a partir do aprendizado no curso. “Fiz minhas primeiras peças com retalhos que tinha em casa, ofereci a preços acessíveis e foi um sucesso. De pouquinho em pouquinho a gente vai aumentando a renda em casa”. A artesão também contou que a parceria com o Rede Solidária em sua vida vem de muito tempo. “Sou moradora da região e já tinha feito o curso de panificação, vendi muito pão já depois desse curso. Decidi investir no artesanato por conta dos custos, sempre foi um sonho fazer moda pet e quando vi na televisão que aqui ia ter o curso e gratuito não pensei duas vezes, sei que esses cursos são muito caros, e aqui os professores são muito bons”.

“Para nós poder oferecer o acesso aos cursos é fundamental para darmos efetividade a uma das principais missões do Rede que é emancipar as famílias em situação de vulnerabilidade social, possibilitando que as pessoas possam gerar renda através de uma capacitação de qualidade. E o desfile mostrou o empenho e o aprendizado que as alunas puderam receber ao longo do curso, além de alegrar muito nossas crianças”, afirma Paulo Xavier, diretor do Rede Solidária II, no bairro Jardim Noroeste.

A parceria entre Rede Solidária e Senai ofereceu somente esse ano cerca de 500 vagas em 30 cursos gratuitos de capacitação e geração de renda, visando atender a demanda por profissionais de diversos setores do comércio e de serviços.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais