Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo

O prazo para emissão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) após o lançamento do resultado do exame toxicológico periódico para condutores das categorias C, D e E foi prorrogado pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), nesta semana.

De acordo com a deliberação, a validade do exame toxicológico continua de 90 dias, contados a partir da data da coleta da amostra.

No entanto, para que o cidadão utilize o exame na abertura do processo de renovação ou mudança de categoria de habilitação, o prazo para emissão da CNH após o lançamento do resultado do exame de aptidão física e mental foi prorrogado para 365 dias.

“Essa regra já existia, a legislação já prevê esse prazo de 90 dias, mas devido a pandemia, o Denatran decidiu por ampliar esse prazo para utilização do exame para a emissão da CNH para mudança de categoria ou renovação das categorias C, D e E, já que muitas vezes as pessoas não conseguem concluir esse processo em 90 dias”, explica a diretora de Habilitação do Detran-MS, Lina Issa Zeinab.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais