Homem que afirmava ser irmão do ex-presidente Lula morre em Ponta Porã

Morreu na quarta-feira (13), em Ponta Porã, Damião Inácio da Silva, de 85 anos, que afirmava ser irmão do ex-presidiário e pré-candidato a presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo um dos filhos, o idoso estava doente após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). 

Ontem, ele passou mal e precisou ser internado em estado grave no HR (Hospital Regional), chegou a ser entubado e faleceu por volta das 18h. 

Em 2004, durante visita de Lula no então assentamento Itamarati, o suposto irmão lhe entregou documentos para comprovar que seria filho do primeiro casamento do pai do ex-presidente.

Veja também