Prefeitura regulariza imóveis em Ponta Porã

A prefeitura de Ponta Porã entregou, em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, a autorização para levantamento de penhora e caução de 372 imóveis, na manhã desta quinta-feira (30).

As penhoras e cauções constam nas escrituras dos imóveis e vêm antigo e extinto Previsul, e sem a regularização, ‘travam’ qualquer movimento administrativo pelos proprietários dos imóveis. A partir de agora, cada dono deverá recolher custas cartorárias em torno de R$ 120 para que as escrituras sejam atualizadas em definitivo.

A diretora-presidente do Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez, participou das entregas em Ponta Porã e ressaltou que o “assunto começou a ser debatido em 2016, quando um morador de Antônio João solicitou a solução do problema”.

Carlos Bordão, diretor-presidente do Habiporã, agradeceu a regularização. “Agradecemos o prefeito Hélio Peluffo, a Câmara de Vereadores de Ponta Porã, a presidente da Agehab, Maria do Carmo, ao Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, ao secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel. Sem o engajamento de todas estas instituições, não seria possível estarmos aqui no dia de hoje”, destacou.

Rafael Modesto, presidente da Câmara de Ponta Porã, afirmou que os 17 vereadores contribuíram para que tudo saísse o mais rápido possível.

“Ficamos felizes em ser parceiros da administração municipal e estadual. Temos a certeza de que o final não poderia ser diferente deste, onde os moradores a partir de agora, serão os proprietários dos imóveis”, finalizou.

O prefeito Hélio Peluffo, fez questão de contextualizar todos os acontecimentos que levaram à entrega de hoje.

“Lá em 2016, o Governo do Estado nos ouviu e o secretário Eduardo Riedel chamou para si a batalha. Se hoje vocês recebem o levantamento da penhora e caução, é porque o Governo do Estado, Assembleia e a nossa administração trabalharam muito neste sentido”, disse.

Os documentos entregues garantem mais segurança e tranquilidade aos moradores do Parque dos Ipês I e II e adjacências.

Veja também