Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero

Reunião define ações da força-tarefa para coibir abusos durante carnaval

O Prefeito em exercício Eduardo Campos conduziu uma reunião entre as Forças de Segurança de Ponta Porã e a Vigilância Sanitária, para definir a maneira como atuará a Força-Tarefa que coibirá abusos durante os festejos de carnaval.

Ficou decidido que nesta sexta-feira, bares, restaurantes e casas de aluguel para eventos (inclusive chácaras) receberão um Termo de Advertência cientificando a cada um as eventuais punições para quem descumprir os Decretos Estadual e Municipal.

O governo do Estado de Mato Grosso do Sul iniciou nesta sexta-feira a Operação Carnaval 2021, para coibir a circulação e aglomeração de pessoas.

Em Ponta Porã a Guarda Civil Municipal de Fronteira, a Polícia Militar, a Polícia Civil e a Vigilância Sanitária trabalharão em conjunto para impedir aglomerações e até mesmo a tradicional guerra d´água. Serão feitas rondas em todas as regiões da Cidade. GCMFron e PM trabalham em conjunto.

Ponta Porã tem hoje, 19 leitos de UTI covid-19 ocupados, sendo que destes 08 pacientes são da cidade e os outros 11 são de Municípios vizinhos. A preocupação está maior nos últimos dias, em razão de que muitos pacientes têm dado entrada no Hospital Regional Dr. José de Simone Netto com quadros clínicos graves necessitando de internação imediata em leitos de UTI para tratamento.

Ponta Porã está na classificação vermelha nos últimos dias, devido ao alto número de novos casos e o toque de recolher a ser seguido é o das 22:00 às 05:00 horas. Durante esse horário, GCMFRON, PM e Vigilância Sanitária atuarão em conjunto, para identificar, advertir e se for o caso, punir quem descumprir a Legislação vigente.

“Esperamos que a população entenda que é preciso tomar medidas que visem a segurança de todos. A Prefeitura trabalhará normalmente durante o carnaval. Nossas equipes estão lutando para salvar vidas”, disse o Prefeito em exercício Eduardo Campos.

Participaram da reunião o Prefeito em exercício Eduardo Campos, o Procurador Geral Ricardo Soares, O Secretário Municipal de Segurança Pública Marcelino Nunes de Oliveira, o Comandante do 4.º Batalhão de Polícia Militar Ten. Cel. Santos Melo, Delegado de Polícia Civil Dr. Alcides, o Secretário Adjunto de Saúde de Ponta Porã Frederico de Souza Moraes, a Chefe da Vigilância Sanitária Mariluce Fernandes Caimar e a Gerente da Vigilância em Saúde Isabela Pini Guerreiro.

As autoridades prometem rigor no combate a aglomeração durante o período carnavalesco.(Foto: Assessoria)
Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou cienteSaiba mais