Sedhast debate a jornada de desenvolvimento no 3º setor

A Jornada de desenvolvimento no terceiro setor está entre as pautas que serão abordadas durante o ‘III Fórum Estadual do Terceiro Setor – Estratégias de sustentabilidade, uma construção de direitos humanos’ realizado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) nesta quarta-feira (28). O evento contará com transmissão ao vivo pela página da Sedhast no Facebook.

“Em nossa terceira edição do fórum mais uma vez estamos proporcionando discussões inovadoras mediante novas parcerias que possam contribuir para o terceiro setor. Com ferramentas de captação de recursos, gestão, governança e otimização de recursos financeiros e humanos”, explica a superintendente da Política de Direitos Humanos da Sedhast, Ana Lúcia Américo.

O terceiro setor consiste em um amplo e diversificado conjunto de instituições como fundações, associações comunitárias, entidades filantrópicas entre outras. O terceiro setor recebe esse nome, pois faz menção a uma linha após os governos (municipais, estaduais ou federal), e empresas do setor privado.

O evento é organizado pela Superintendência da Política de Direitos Humanos (SUPDH), via Coordenadoria de Apoio e Orientação às Organizações da Sociedade Civil (Caosc). A ação visa ainda reunir instituições para que as mesmas divulguem iniciativas que apoiem as ações desenvolvidas pelas Organizações da Sociedade Civil (OSC’s) no Estado de Mato Grosso do Sul.

O fórum contará com a participação da secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Elisa Cleia Nobre; Ana Lúcia Américo, superintendente da Política de Direitos Humanos; Michel Freller, vice-presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira dos Captadores de Recursos (ABCR); Pollyana Janoski Kamis, diretora-executiva do Instituto Mentes Brilhantes; Igor Silva, fundador da assessoria S.E.M.E.A.R e Patrícia Souza dos Santos, coordenadora de Apoio e Orientação às Organizações da Sociedade Civil, como mediadora.

Na Sedhast as OSC’s são atendidas na Superintendência da Política de Direitos Humanos, por meio da Coordenadoria de Apoio às Organizações da Sociedade Civil (Caosc). Informações e eventuais dúvidas podem ser sanadas pelos telefones (67) 3318-4178 e 4199.

Veja também