O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, sinalizou nesta segunda-feira (28), que deverá recorrer ao MPE (Ministério Público Estadual) para que haja no Estado, um ‘mini-locdown’ como medida restritiva para tentar frear o avanço da Covid-19.

Também hoje, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) prorrogou o toque de recolher nos 79 municípios de MS, das 22h às 5h.

No boletim divulgado nesta segunda, há o acréscimo de 223 casos do Novo Coronavírus, além de 16 óbitos registrados nas últimas 24 horas.

“Vamos recorrer ao Ministério Público para nos ajudar, junto aos municípios, para que eles possam tomar as medidas restritivas e as medidas que apontam o programa Prosseguir”, afirmou Geraldo.

A grande preocupação da secretaria é com o possível aumento no número de casos ocasionados pelas aglomerações com as festas de fim de ano.

Segundo o secretário, a diminuição dos casos de Covid-19 acontecerá após a execução das medidas restritivas que cada município tem de cumprir a partir do Prosseguir. Uma notificação foi enviada a todos os 79 municípios, lembrou o secretário.