O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, autorizou a elaboração do Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental (EVTEA) para a construção de ponte sobre o Rio Paraná, interligando os estados do Paraná e Mato Grosso do Sul, bem como a duplicação da rodovia BR-376, Km-101 até o Trevo de Nova Londrina, no Paraná, e continuação até o Porto São José pela PR-577, Km-20, que ligará até o município sul-mato-grossense de Taquarussu.

“A medida prevê a federalização de um trecho de 30 km da MS-473 e deve encurtar em 120 quilômetros o acesso ao modal rodoferroviário em Maringá, favorecendo o escoamento da produção agrícola de Taquarussu e fomentando o desenvolvimento econômico da região e municípios vizinhos”, comentou o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

O titular da Semagro participou de videoconferência com o ministro Tarcísio Freitas, além de parlamentares e representantes do setor produtivo do Paraná, na qual foi tratado o pedido, feito pelos governadores Reinaldo Azambuja (MS) e Carlos Ratinho (PR). Também participou da videoconferência o assessor de Logística da Semagro, Lúcio Lagemann.