IFMS abre 1.080 vagas em cursos de graduação

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) abriu processo seletivo para ingresso nos cursos de graduação oferecidos pela instituição no segundo semestre letivo de 2022.

Os candidatos serão selecionados pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021.

São ofertadas 1.080 vagas em 18 diferentes opções de cursos gratuitos – entre superiores de tecnologia, licenciaturas e bacharelados -, nos campi Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas. Confira a relação de vagas.

Os interessados deverão fazer a inscrição exclusivamente na página do Sisu, entre os dias 15 e 18 de fevereiro.

O edital com todas as regras do processo seletivo está publicado na Central de Seleção do IFMS.

Ações Afirmativas (cotas) – A opção pelas ações afirmativas deverá ser feita no ato da inscrição.

Metade das vagas ofertadas é destinada a candidatos que cursaram integralmente todas as séries do ensino médio em escola pública. Dessas vagas, 50% são para aqueles com renda familiar per capita inferior a um salário mínimo e meio.

Ainda há cotas aos candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas, e a pessoas com deficiência.

O IFMS também possui a opção do bônus local, voltado aos candidatos residentes nas áreas de abrangência dos campi, que têm direito de acréscimo de 20% na nota do Enem.

Cronograma

A divulgação da primeira chamada está prevista para o dia 22 de fevereiro, sendo que os convocados deverão fazer a matrícula entre os dias 24 de fevereiro e 8 de março.

No dia 23 de fevereiro, será publicada a convocação para a banca de heteroidentificação, que será realizada nos dias 24 e 25 com objetivo de confirmar a autodeclaração dos candidatos pretos e pardos.

A lista de espera deverá ser divulgada no dia 9 de março, com a segunda chamada prevista para o dia 15. As aulas terão início no dia 25 de julho.

Adesão ao Sisu

Sobre a oferta de vagas ser somente para o segundo semestre de 2022, o diretor de Graduação do IFMS, Rodrigo Cardoso, explica que desde o início da pandemia a instituição tem se preocupado em causar o menor impacto possível na vida acadêmica, porém o atraso nas provas do Enem, em 2020 e 2021, afetou o calendário do Sisu.

“Dessa forma, como nosso calendário acadêmico para o ano letivo de 2022 prevê o início das aulas no dia 7 de fevereiro, seria impossível aderirmos ao Sisu e conseguirmos iniciar as aulas das turmas ingressantes no primeiro semestre, pois a matrícula dos estudantes da primeira chamada seria realizada um mês após o início das aulas, pelo menos”, explica.

Veja também