Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) revelam que no mês de setembro, o município de Ponta Porã contatou mais do que demitiu.

De acordo com os dados, foram 305 pessoas admitidas, contra 259 desligamentos, com isso, o saldo de empregos na cidade que faz fronteira com o Paraguai ficou em 49.

Dois segmentos apresentaram retração, a indústria e o serviços, isso porque no primeiro caso, 22 trabalhadores voltaram ao mercado de trabalho, mas outros 26 foram demitidos.

Já em relação aos serviços, foram 83 novas contratações, e 86 demissões.

O setor que mais contratou, ainda segundo o Caged, foi o comércio, com 42 novos postos de trabalhos no mês que a fronteira entre Brasil e Paraguai ainda estava fechada por causa da Covid-19.