Estado garante medalha dourada no Brasileiro de Jiu-Jitsu Desportivo 2021

O Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Desportivo 2021 rendeu uma medalha de ouro para Mato Grosso do Sul. A delegação sul-mato-grossense, apoiada pelo Governo do Estado, via Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), foi composta por cinco atletas e um técnico na competição, organizada pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Desportivo (CBJJD). As disputas foram realizadas no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), de 28 a 30 de maio.

O primeiro lugar foi conquistado por Matheus Godoy Romero, na categoria absoluto (sem limite de peso), pela classe adulto, com a faixa-preta. Para alcançar o lugar mais alto do pódio, o atleta de 28 anos, da Alliance Jiu-Jitsu Team MS, de Campo Grande, teve de derrotar três cariocas: Dayvid Remedio, nas quartas de final; João Gabriel Rangel, na semifinal e Raphael Guerra na decisão.

“Lutar no Rio é sempre difícil, o nível é sempre muito alto. É o berço do jiu-jitsu competitivo e em um Campeonato Brasileiro não seria diferente. Tinha muita gente boa na categoria absoluto, mas deu tudo certo e consegui trazer essa medalha para Mato Grosso do Sul”, avalia Romero.

Para o lutador sul-mato-grossense, o ouro credencia Mato Grosso do Sul como um dos estados mais competitivos no jiu-jitsu nacional. “É um título muito importante para mim, que já havia conquistado há alguns anos na minha categoria [meio-pesado] e para o estado também. Estamos sempre representando bem Mato Grosso do Sul e isso o engrandece ainda mais”.

Nos tatames do Tijuca Tênis Clube, os atletas do estado também participaram do Desafio Rio Brasil de Seleções, encarando lutadores do Rio de Janeiro no sistema “melhor de cinco”. O selecionado sul-mato-grossense foi derrotado por 3 a 2. Pedro Henrique Moura Ávila (faixa-azul adulto, na pena) colocou Mato Grosso do Sul em vantagem.

Na sequência, Pedro Mateus Rojas Pereira (faixa-roxa adulto, na peso-médio) e João Vitor Vieira Arias (faixa-marrom adulto, na leve) batalharam, mas acabaram perdendo. O medalhista de ouro Matheus Godoy Romero empatou em 2 a 2 a disputa, após finalizar o adversário com chave de perna. Por fim, Bruno de Lima Bezerra (faixa-preta máster, na peso-leve) sofreu uma punição e perdeu, por placar apertado, a luta decisiva.

A seleção estadual teve orientação do técnico Fábio da Rocha Carneiro, contemplado pela última edição do programa Bolsa Técnico do Governo do Estado. “Nosso desempenho foi muito bom. Enfrentamos uma seleção muito difícil e perdemos por detalhes. Foram disputas muito acirradas e isso agradou a diretoria da CBJJD, que já antecipou nossa convocação para desafios futuros”.

Referência no jiu-jitsu nacional, Mato Grosso do Sul participa do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Desportivo desde 2014 e há quatro anos do Desafio de Seleções. Nesta edição, assim como nas anteriores, a delegação conta com o apoio do Governo do Estado, por intermédio da Fundesporte.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais