Operário/DEC começa a Taça Brasil de Futsal feminino com vitória sobre o São José

O Operário/Douradina Esporte Clube (DEC) estreou com o pé direito na 29ª Taça Brasil de Clubes de Futsal adulto feminino – Divisão Especial. As Meninas do Galo bateram, na terça-feira (31), o São José Futsal (SP), pelo placar de 1 a 0, no Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis (Guanandizão), em Campo Grande. O confronto foi válido pelo grupo B.

Realizada pela Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) em parceria com a Federação de Futebol de Salão de Mato Grosso do Sul (FFSMS), a competição conta com apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte). Esta é a primeira vez que a Taça Brasil feminina é sediada no estado. As disputas começaram no dia 29 de maio e seguem até 4 de junho.

O gol que assegurou a vitória do representante sul-mato-grossense foi assinalado por Ana Vasques, a Aninha, aos 13 minutos do segundo tempo. A pivô soltou o pé em cobrança de falta perto do meio da quadra. A bola passou pela barreira, depois por baixo das pernas da goleira adversária e foi morrer no fundo da rede.

A fixa e camisa 10 operariana, Danieli Soares, valorizou o triunfo sobre o São José (SP), clube tradicional que disputa a liga nacional, a Novo Futsal Feminino Brasil (NFFB). “Nosso time tem qualidade, é muito leve e buscamos os contra-ataques contra o São José, que é uma equipe muito forte e tem um estilo de jogo de marcar pressionando lá na frente. Deu certo e agora é manter os pés no chão, que assim vamos chegar longe”.

O próximo compromisso operariano é nesta quarta-feira (1º), às 18 horas, contra o SK Boa Esperança, do Espírito Santo, válido pelo grupo B. Logo na sequência tem mais Mato Grosso do Sul em quadra: a Sociedade Esportiva Recreativa Chapadão/Universidade Católica Dom Bosco (Serc/UCDB) entra em ação para o seu terceiro jogo, diante da Celemaster Uruguaianense (RS), às 20 horas. O público pode acompanhar presencialmente todas as partidas no Ginásio Guanandizão. A entrada é gratuita.

No total, 13 agremiações participam da Taça Brasil, dividindo-se em três grupos na fase classificatória. O grupo A, único com cinco times, conta com Associação Leoas da Serra (SC), Associação de Futebol Feminino Celemaster Uruguaianense (RS), Vila Nova Futebol Clube (GO), Clube 2004 da Bahia (BA) e Serc/UCDB (MS). Já o B tem São José Futsal e Esportes Olímpicos (SP), Operário/Douradina (MS), Associação Esportiva SK Boa Esperança (ES) e Associação Educacional Magnólia (MA). Estão no grupo C o Instituto Eliberto Stein (PR), Associação Atlética Nova Geração (DF), Instituto Futsal Sem Drogas (MT) e Serra Talhada Futebol Clube (PE).

Segundo a CBFS, a novidade para este ano é a inclusão das quartas de finais. Além do primeiro e o segundo colocados de cada grupo, classificam-se também o primeiro e o segundo com melhor Índice Técnico entre as equipes que ficarem na terceira colocação. Nas quartas, o time melhor classificado na primeira fase joga pela vantagem do empate no tempo normal para fins de classificação para as semifinais. Já nas semifinais e na final, em caso de empate no tempo normal, a partida vai para prorrogação. Persistindo o empate no tempo extra, o classificado será definido nos pênaltis.

Veja também