Bazan estava no cargo desde fevereiro e foi transferido nesta terça-feira.(Foto: Arquivo)

O Ministério da Justiça do Paraguai determinou hoje substituição imediata do diretor da Penitenciária de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil, Domingo Antônio Bazan. O diretor caiu depois que imagens de presidiário ingerindo bebida alcoólica e outros privilégios viralizou na internet paraguaia.

Bazan estava no posto desde a famosa fuga em massa, quando dezenas de integrantes de facção brasileira fugiram, alguns pelo portão principal da penitenciária. No lugar dele o ministro da Justiça designou Antônio Amarilla, até então diretor da Penitenciária de Concepcion.

O presidiário causador da queda do diretor, trata-se de Victor Hugo Garcia Medina, envolvido em vários crime, fazia parte do grupo fugitivo, Foi recapturado no Brasil e entregue aos paraguaios, conquistou a liberdade, mas em seguida voltou a ser preso por participar de violento assalto na cidade de Bella Vista do Norte.

Remoção aérea

Na manhã desta terça-feira (1º), a Polícia Nacional do Paraguai removeu em aviões e helicópteros da Força Aérea, 25 presos da Penitenciária de Pedro Juan Caballero. O destino deles por medida de segurança não foi revelado.