Após matar avó e cuidadora, homem tomou banho, trocou de roupa e se jogou contra bitrem

Em Campo Grande, após matar a avó e a cuidadora dela, Antônio Marcos Fernandes Gonçalves, de 28 anos, tomou banho, trocou de roupa e se jogou na frente de uma carreta bitrem, na MS-276.

Segundo o Midiamax, o delegado Filipe Davanso Mendonça, responsável pelas investigações, explicou que a Joana Silva Fernandes, de 90 anos, e a cuidadora da vítima, Maria Aparecida Luiz de Siqueira Matos, de 58, foram atacadas entre às 19h de sexta-feira (1), e 3h de sábado (2), na casa localizada no bairro Mustafá.

Análise da perícia indiciou que a arma do crime foi uma faca de cozinha e ainda não há detalhes sobre a motivação dos fatos. Conforme o site, Antônio, que morava com a idosa, a matou e depois assassinou Maria Aparecida, em seguida, tomou banho e foi até a rodovia em uma bicicleta.

O atropelamento

Ainda de acordo com o Midiamax, nas proximidades de um posto de combustível, Antônio passou a seguir a pé, oportunidade em que teria se jogado em frente a uma carreta bitrem carregada. Ele ficou gravemente ferido e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. 

“Ainda está sendo objeto de apuração quais seriam as motivações que levaram o suspeito à prática de tal crime bárbaro, entretanto, para fins de não prejudicar as diligências em andamento, não serão divulgadas as linhas apuratórias”, lê-se na nota. O delegado pontua que foi instaurado inquérito para apurar feminicídio majorado e que as investigações continuam. 

“Por fim, diligências apuratórias estão em andamento, para fins de encontrar outros elementos investigativos para a cabal elucidação, tais como requisição de exames de comparação de material genético encontrado nas vestimentas do suspeito, imagens de circuito de câmeras e outras testemunhas que possam contribuir com os fatos”.

Veja também