Armas são apreendidas em assentamento de sem-terra de Antônio João

Duas armas de fogo foram apreendidas esta semana pela Polícia Civil de Antônio João em um assentamento de sem-terra ás margens da MS 384 naquele município. Populares disseram que algumas pessoas estariam fazendo disparos no local e isso estaria colocando em risco a segurança das pessoas que estão aguardando por colocação em algum projeto de reforma agrária na região.

Como a presença de pessoas armadas estava aumentando a tensão em uma área que já é de conflito, o delegado Patrick Linares ordenou uma busca nas habitações precárias ocupada pelos trabalhadores rurais e duas espingardas foram localizadas. Uma espingarda calibre 36 estava com um cartucho deflagrado e também foi apreendida uma calibre 22.

A suspeita é de que pessoas que cometem crimes na região estariam se escondendo no local e também usando o acampamento para esconder as armas.

De acordo o delegado Linares, a distância entre o assentamento e a sede do município onde fica toda a estrutura necessária para dar uma resposta rápida a qualquer tipo de ocorrência aumenta a importância de uma ação como que foi realizada apreendendo armas ilegais e mostrando a quem quer desrespeitar a lei que as autoridades estão vigilantes e prontos para agir apesar da distância e das dificuldades de deslocamento em áreas rurais mais distantes.

“O trabalho preventivo é primordial nestas situações e a nossa presença acaba criando um vínculo de confiança entre a comunidade local e os policiais e isso traz ganho para quem quer trabalhar e viver honestamente e em segurança”, disse o delegado.

Veja também