O carro onde o parlamentar estava com assessores passou por perícia. (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal desencadeou na madrugada desta quinta-feira a Operação Tracker que investiga um atentado sofrido pelo Deputado Federal Tio Truts (PSL)  no dia 16 de fevereiro de 2020 quando ele retornava de Dourados para Campo Grande.

De acordo com o parlamentar, o carro em que ele estava com um assessor foi interceptado e desconhecidos atiram contra eles. Tio Truts teria reagido atirando contra os agressores que fugiram. ninguém ficou ferido e o carro do deputado foi apreendido para ser periciado.

Ao todo estão sendo cumpridos 10 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, sendo nove no Estado do Mato Grosso do Sul e um em Brasília, com a participação de 50 policiais federais.

O nome da Operação Policial faz referência ao intenso trabalho investigativo realizado pela Polícia Federal em busca de provas para a completa elucidação dos fatos e identificação e dos autores. A investigação prossegue em segredo de justiça.