Atingido por um tiro helicóptero retorna para Capital levando feridos

Segue tensa a situação na região de Amambai no conflito entre indígenas e a Polícia Militar. Na tarde desta sexta-feira (24), o helicóptero Sikorsky da Casa Militar do governo do Estado, foi atingido com um tiro na carenagem de motor.

Paralelamente um indígena atingido a tiro e que estava internado no hospital de Amambai morreu esta tarde. Outros indígenas seguem em tratamento assim como policiais militares do Batalhão de Choque atingido a tiros durante o confronto.

De acordo com informações, uma primeira avaliação define que não houve dano significativo na máquina. Com isso, a aeronave retornou para Campo Grande onde pousou há pouco no Aeroporto Santa Maria, transportando os policiais militares feridos durante o confronto e em seguida será submetida a inspeção minuciosa.

Caso o dano não represente risco para a segurança de voo e tripulantes, retornará ao local do conflito para o transporte de policiais. Consta que os militares foram atingidos por balas de arma calibre 22.

Veja também