Conhecido no meio policial, cadeirante é executado com cerca de 20 tiros

Edson de Souza Alencar, de 45 anos, muito conhecido no meio policial e que já havia sofrido vários atentados, foi executado a tiros de pistola calibre nove milímetros na madrugada deste domingo (10), em frente a um bar localizado na avenida Hayel Bon Faker, em Dourados.

‘Edinho cadeirante’, como era conhecido, estava em frente ao estabelecimento quando duas pessoas em uma moto 150, cor preta, se aproximaram e efetuaram os disparos quase à queima roupa.

O homem estava com a esposa e ainda a empurrou para que não fosse atingida pelos tiros. Testemunhas relataram que Edson recebeu mais de 20 disparos.

Equipes da PM (Polícia Militar), PC (Polícia Civil) além da Perícia Técnica, estiverem no local para os procedimentos cabíveis.

Veja imagens do local do crime

Veja também