Penitenciária de Paranaíba. (Foto: Reprodução/JPNews)

Valmir Pereira, de 38 anos, foi espancado e estrangulado até a morte no Estabelecimento Penal de Paranaíba, por volta das 17h de ontem (7). Segundo o site Dias MS, outro preso, de 19, chamou os agentes penitenciários às 19h40, dizendo que Valmir estava morto dentro da cela.

Ele apresentava ferimentos e estava com uma corda artesanal, com pedaço de pau, amarrada ao corpo.

Os internos foram retirados da cela e a Polícia Civil acionada. Durante depoimento, dois detentos que estavam no local no momento do crime apontaram os detentos de 19 e 23 anos como autores do assassinato.

À polícia, o de 23 contou que foi convidado pelo o de 19 para participar do crime, mas que não tinha rixa com a vítima, e que o motivo da morte seria dívida de drogas que homem assassinado tinha com o comparsa.

Ainda conforme o site, o de 23 matou Valmir sozinho.

A dupla revelou que foram levados para a cela disciplinar, onde a vítima estava, por volta das 14h. Valmir começou a ser intimidado, foi espancado com o pedaço de pau e estrangulado com a corda por volta das 17h.

O caso será investigado.