Apreensão recorde de maconha põem Brasilândia na rota do narcotráfico que usam as vias vicinais para escoamento de droga; foto: Divulgaçao/DOF

Apreensão recorde de maconha põem Brasilândia na rota do narcotráfico que usam as vias vicinais para escoamento de droga. De acordo com o delegado titular da delegacia de Polícia Civil de Brasilândia, a quantidade de maconha apreendida pela equipe do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) pode passar de seis toneladas.

A apreensão é a maior do ano já realizada no município de Brasilândia. O caminhão, Mercedes Benz, 1618 de cor amarela foi apreendido na MS-040, na estrada de terra, no trecho entre Brasilândia e Santa Rita do Pardo. O condutor ao ver a aproximação da equipe do DOF abandonou o caminhão, embrenhando no mato, conseguindo fugir dos policiais.

Agentes do DOF e da Polícia Civil estão apurando a participação de um suspeito que agia na função de batedor. A droga está sendo descarregada nesse momento na sede da delegacia de Polícia Civil de Brasilândia, onde ficará armazenada até a conclusão do inquérito policial.

Policiais da civil de Brasilândia, os agentes do DOF e até o delegado Thiago Passos estão nesse momento descarregando a droga. Estima-se ser mais de 6 toneladas de maconha, que provavelmente tinha como destino o estado de São Paulo.