Ppp

Droga apreendida em queda de helicóptero é incinerada em Ponta Porã

229 tabletes de cocaína apreendidos no local da queda do helicóptero Robinson R66 Turbine prefixo PR ITT, em uma fazenda entre Ponta Porã e Dourados na madrugada de quarta-feira, foram incinerados nesta sexta-feira em uma indústria de Ponta Porã.

O trabalho de destruição dos 246 quilos da droga foi coordenado pelo delegado Alcides Braum e contou com o apoio de policiais civis da cidade. O entorpecente ficou espalhado nas proximidades onde o aparelho explodiu ao tocar o solo matando Matheus Henrique dos Santos Venâncio de 20 anos, o Matheus Todinho e do piloto Pedro Augusto Boim de 24 anos.

O caso está sendo investigado pelo DRACCO (Departamento de Repressão a Corrupção e ao Crime Organizado da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul) e a suspeita é de que tenha havido falha humana, já que o piloto voava muito baixo para escapar do sistema da radares e havia neblina no momento da queda.

A droga foi incinerada em uma industria de Ponta Porã nesta sexta-feira (22). (Foto: Divulgação)
Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais