Na tarde de ontem (2), dois homens fortemente armados roubaram 38,5 milhões de guaranis (dinheiro paraguaio), na zona rural de San Ramón, distrito de Concepción, no Paraguai, a cerca de 90 quilômetros do território sul-mato-grossense.

Segundo a imprensa local, a abordagem ocorreu em frente à fazenda San Miguel, que pertence ao agricultor Domingo García, primo do ex-vice-presidente do Paraguai, Óscar Denis Sánchez, de 74 anos, sequestrado há 82 dias por guerrilheiros do grupo terrorista EPP (Exército do Povo Paraguaio).

O motorista Nery Ricardo Ortiz, de 21 anos, e o contador Félix Rodolfo González, de 44, estavam em uma caminhonete Toyota Hilux que foi abordada, por volta das 15h, por dois homens armados.

As vítimas foram agredidas até entregarem o dinheiro, conforme o portal Capitan Bado. Em seguida, a dupla fugiu e ainda não foi encontrada.

Ainda não se sabe, por exemplo, se o assalto teria relação com o sequestro do ex-vice-presidente. Agentes do Departamento de Investigação da Polícia de Concepción investigam o caso.