Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero
Iptu pp

“Ela estava insuportável e chorando muito”, diz mulher detida após espancar bebê de 9 meses

Ontem (5), mulher indígena, de 22 anos, moradora em uma aldeia de Amambai, foi detida em Dourados, no Hospital da Vida, onde a filha de nove meses estava internada em estado gravíssimo, depois de ter sido espancada pela mãe, com um pedaço de madeira.

Segundo o Ligado Na Notícia, na madrugada deste sábado (6), a vítima foi encaminhada ao HU (Hospital Universitário), entubada e respira com auxílio de aparelhos.

O caso teria acontecido na terça-feira (2), porém apenas ontem, um membro da família foi até a residência, viu as lesões nos braços da criança e traumatismo craniano, e então, procurou o hospital.

Informações apuradas pelo Ligado Na Notícia, dão conta de que um policial militar estava na unidade hospitalar, viu a situação da criança e questionou a mulher que, a princípio, afirmou que a filha havia caído da cama. Desconfiado, uma viatura da Polícia Militar foi acionada.

Diante disso, ela confessou que havia espancado a criança, porque na terça, ela estava “insuportável e chorando muito”.

Já passado o período de flagrante, a autora foi ouvida e liberada. A ocorrência será encaminhada para a Polícia Civil de Amambai.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais