Foragido há 8 meses: Assassino de mãe e filha é preso no Paraguai

Foi preso por duplo feminicídio, no Paraguai, Antônio Cezar Cavalheiro Soares, de 39 anos. Ele é acusado de ter matado Érika Rodrigues Salomon, de 39, e Nahila Victória Rodrigues, de 20 (mãe e filha), em Ponta Porã.

A prisão dele aconteceu no distrito de Salud Chiriguelo, cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero.

Elas foram assassinadas em 4 de maio de 2021. A técnica de enfermagem Nahiala foi executada com três tiros na cabeça, quando chegava para trabalhar no Hospital Regional. Érika, a mãe, foi morta logo depois, em frente a um supermercado.

Informações policiais dão conta que um mês antes do crime, Nahiala havia sido agredida com um chute e uma cusparada no rosto. A jovem acionou a polícia na ocasião. A mulher continuou a receber ameaças pelo fato de ir morar com a mãe. Antes do crime, o autor também chegou a fugir com o filho do casal, que na época tinha cinco meses.

A criança e uma filha adolescente da jovem, ficaram com parentes de Nahiala após o assassinato. Depois do duplo feminicídio, o autor fugiu para o Paraguai.

Antônio Cezar foi preso portando uma pistola, e ficará no setor de investigação de Polícia Nacional de Pedro Juan Caballero até que seja expulso do país para ser entregue às autoridades brasileiras.

Veja também