Forças policiais prendem acusado de matar pai e filho em Amambai

Ação conjunta envolvendo as polícias Civil, Militar, DOF (Departamento de Operações de Fronteira), o Bope (Batalhão de Operações Especiais) e o BPChq (Batalhão de Polícia de Choque de MS), prenderam na manhã desta segunda-feira (24), Siguinaldo Gonçalves, de 24 anos, acusado de matar, em companhia de seu irmão de 16, pai e filho, em Amambai.

Conforme o site A Gazeta News, o indígena que estava foragido desde a época dos fatos, 14 de janeiro, foi preso na aldeia Taquaperi, comunidade onde reside, em Coronel Sapucaia.

O produtor rural, Olenir Nunes da Silva, o ‘Nego Silva’, de 50 anos e seu filho, o engenheiro agrônomo Antônio Alexandre Nunes da Silva, de 23, foram mortos a tiros em uma das fazendas das vítimas.

Ainda segundo o site, o menor, irmão do acusado, que estaria com ele no momento do assassinato, segue foragido.  

Acusado do crime foi preso na manhã desta segunda-feira.(Foto: Divulgação)
Veja também