Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero
ALMS

Hélio Peluffo diz que prefeitura começará 2021 no ‘verde’

O entrevistado do Ponta Porã News desta terça-feira (27), é o atual prefeito e candidato à reeleição à prefeitura de Ponta Porã, Hélio Peluffo (PSDB), que tem como vice, o candidato Eduardo Campos (DEM). Seguindo o modelo da entrevista anterior, o chefe do Executivo responder perguntas sobre educação, saúde, economia, segurança e investimentos futuros.

Questionado sobre as finanças da prefeitura, Hélio foi enfático ao afirmar que, caso não seja reeleito, o próximo prefeito encontrará a prefeitura melhor do que quando ele assumiu.

“Todas as contas estão em dia, bem como os salários de cada servidor público municipal”.

ECONOMIA

“Apesar da crise que se instalou com a pandemia da Covid-19, Ponta Porã está bem, a economia está aquecida, ainda mais agora com o dólar alto. Muitos paraguaios acabam vindo ao nosso município para fazer compras de alimentos, por exemplo. Os serviços estão mais baratos se comparado com o cenário no Paraguai. Claro, que a crise afetou a todos, mas Ponta Porã continuou e continuará crescendo. No setor do agronegócio, estamos à frente até de Dourados, ou seja, produzimos mais. O que já estamos fazendo, se eleitos, iremos continuar”.

SAÚDE

“Saúde é uma necessidade constante de mudança, melhoras e investimentos. Não se faz saúde com promessas, compromissos eleitorais, com fala política bonita. Só tem um jeito: investimento. Nós centralizamos todas as compras de insumos, e todas as compras têm um fiscal. Passamos a exigir dos nossos fornecedores que eles tenham estoque mínimo de produtos. Estocar material não é trabalho da prefeitura, mas de quem fornece. Adquirimos duas carretas da saúde e estamos investindo em mais uma que será usada para a campanha de vacinação contra a Covid-19 no ano que vem quando tiver início. Vamos ampliar os postos de saúde, construir outros em alguns bairros de Ponta Porã”.

EDUCAÇÃO

“Nós vamos construir um centro de robótica, que visa estimular nossos alunos. Esse centro terá um estúdio para gravação de aulas a distância, mas será feito assim: além do estúdio com câmeras próprias, nós teremos ilha de edição, jornalista para orientar o texto do professor, a forma como ele deve se posicionar para passar o conteúdo. E estamos investindo nisso, porque acreditamos que é uma forma de despertar a curiosidade em nossas crianças. Temos uma equipe pedagógica forte, uma equipe de inspeção rigorosa e secretárias que ouvem esses dois segmentos. Esse é o tripé para ter uma educação de qualidade. Claro que, com a pandemia, nós estamos repensando tudo, tentando planejar o futuro, até porque para cumprir todas as exigências de biossegurança há um longo e grande investimento e até o momento não sabemos que esse investimento será por parte da Saúde ou Educação. Mas ele deverá acontecer, porém o momento é de repensar o futuro”.

SEGURANÇA

O município passa ao lado. Nós vivemos em uma cidade mais seguranças do Brasil, basta puxar os índices. Mas essa segurança na fronteira é política nacional e estadual, e até agora eu não vi acontecer. Enquanto não houver um enfrentamento massivo contra o tráfico, narcotráfico, lavagem de dinheiro, não vejo como resolver, diminuir esse problema. Em Ponta Porã, nós temos uma sala de monitoramento, isto é, o morador que tem câmera de segurança em casa e deseja compartilhar com a Secretaria de Segurança as imagens, compartilha e a pasta monitora. Alguns loteamentos que serão lançados em Ponta Porã já terão essa integração”.

ATUAÇAÕ DO VICE

“Eu e o Eduardo somos amigos de longa data, fomos secretários juntos, e ele terá atuação plena comigo nos próximos quatro anos, em caso de reeleição. Eduardo é político, tem trato com a Câmara de Vereadores, e ele será esse intermediário entre o Executivo (prefeitura) e o Legislativo (Câmara)”.

INDICAÇÃO

Os secretários serão indicados de forma técnica, indicados por mim, mas sem indicações políticas, pois não compactuo com isso. Estamos há três anos e dez meses e eu não troquei nenhum secretário. Todos que começaram comigo, vão finalizar o mandato comigo. Em Ponta Porã nós fazemos a escola do secretário e do adjunto da seguinte forma: um precisa ser técnico e outro político, mas político no sentido de traquejo, diminuindo assim os ruídos”.

MENSAGEM AO ELEITOR

“Aos leitores e eleitores, minha gratidão, gratidão por terem me dado a oportunidade de governar Ponta Porã há quatro anos, e gratidão se paga com gratidão, podem ter certeza. E agradeço a imparcialidade que o Ponta Porã News trabalha e tem trabalhado nessa política”.

Amanhã (28), o Ponta Porã News entrevista o candidato a prefeito, Ronaldo Franco, do Patriotas, que mesmo tendo sua candidatura não aprovada pela Justiça Eleitoral, continua fazendo campanha.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais