Homem executado em Pedro Juan nesta segunda-feira tinha sido expulso do Brasil

Joel Angel Villarba Aguero de 45 anos, assassinado na tarde desta segunda-feira (25) com pelo menos oito disparos de pistola 9 milímetros em Pedro Juan Caballero, já tinha sido expulso do Brasil, depois de ter sido flagrado pela Polícia Federal em 18/01/2013 na região metropolitana de Curitiba (PR) certa quantidade de cocaína. Depois de cumprir pena ele foi expulso no começo do ano passado.

Formado em Direito ele estava conversando o pai dele e um filho em frente à casa da família na rua Urunde’y esquina com Araza no bairro General Genes, quando dois homens chegaram em uma moto. Ao ver que um deles estava armado, Joel Angel tentou correr para dentro da casa, mas foi perseguido pelo pistoleiro. Atingido com cinco disparos nas costa, ele caiu e ainda foi alvejado mais três vezes no peito.

O pai dele que não teve o nome divulgado, levou um tiro de raspão, foi socorrido a uma hospital da Pedro Juan Caballero e não corre risco de morte. Os pistoleiros deixaram o local e não foram identificados.

O Ministério Público e a Polícia Nacional do Paraguai investigam o caso. Joel Angel era muito conhecido na cidade, pois tinha sido jogador do 2 de Mayo, clube de futebol da cidade.

Joel que era advogado, foi morto na tarde desta segunda-feira.(Foto: Facebook)
Veja também