Homem preso com skunk mentiu o nome e estava foragido por homicídio

A Delegacia Especializada em Crimes de Fronteira (DEFRON), informou que um dos presos ontem por tráfico de drogas em Ponta Porã era procurado pela justiça do Mato Grosso e acusado de pelo menos dois homicídios.  

Maik Itacarambi Alves de 28 anos, foi localizado no Jardim Independência, com outro homem e com ele foram apreendidos 54 quilos e 100 gramas de skank. Maik apresentou documentos falsos, mas quando foi trazido pra a sede da DEFRON em Dourados a verdadeira identidade dele foi descoberta.

De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, havia contra ele mandados de prisão em aberto no Estado de Mato Grosso pela prática de homicídios. “É mais uma individuo perigoso que estava escondido na fronteira que conseguimos prender. Agora vamos continuar investigando para saber se além do tráfico ele cometeu outros delitos e quais os contatos dele com o crime organizado”, disse o delegado.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais