Justiceiros fazem mais uma vítima na fronteira

Populares encontraram na manhã desta terça-feira (28), o cadáver de um homem em uma rua do bairro Carolina 2, em Pedro Juan Caballero, Paraguai. O corpo está com sinais de tortura. Ferimentos no peito, pescoço e as duas mãos cortadas.

Conforme o portal Futura FM 97, a vítima de trata de Derlis Alonso Cardozo, de 17 anos, sequestrado ontem à noite por supostos membros do grupo que se autodenomina “Justicieros de la Frontera”. Uma carta foi deixada sobre as pernas do rapaz com uma advertência aos ladrões. “Assinado: Os vigilantes. Estamos de volta, vamos por todos, é só o começo. Morte aos ladrões”.

O corpo de Derlis apresentava sinais de tortura e teve parte da pele desde a barriga até a orelha esquerda arrancada, por um instrumento cortante e parte dos ossos e órgãos internos estavam á mostra. A Polícia Nacional do Paraguai está com peritos no local. Na noite de segunda-feira um casal foi morto e outras duas pessoas ficaram feridas em um ataque atribuído ao mesmo grupo em uma choperia de Pedro Juan Caballero.

Homens da Polícia Nacional do Paraguai foram para o local e investigam o caso. (Foto: Marciano Cândia)
Veja também