Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero

Líder “campesino” é assassinado em assentamento rural na fronteira

Um dos líderes do Movimento Sem Terra (campesinos) na região de Pedro Juan Caballero Arnaldo Rodrigues foi assassinado na tarde desta segunda-feira (8) na Colônia 1° de maio a cerca de 25 quilômetros do centro da Pedro Juan. O principal suspeito do crime foi preso e identificado como Hector Calonga que seria proprietário de uma das áreas ocupadas pelos sem-terra.

O crime teria acontecido quando um grupo liderado por Arnaldo teria entrado em discussão com Calonga que foi acusado de ter ordenado na madrugada de sábado uma invasão no assentamento onde carros e barracos teriam sido destruídos.

Na tarde desta segunda-feira os campesinos retornaram ao local e confrontaram com Hector que teria atirado nos manifestantes acertando Arnaldo com um tiro no peito.

A área reivindicada pelos trabalhadores rurais sem vendo alvo de invasões desde 2014 sem que haja uma definição por parte das autoridades paraguaias sobre a desapropriação ou a posse definitiva ao fazendeiro que ocupa a fazenda.

Preso em flagrante Calonga foi levado para realizar exame de corpo de delito e depois colocado à disposição do Ministério Público de Pedro Juan Caballero.

Acusado pelo crime Calonga foi preso em flagrante.(Foto: Marciano Cândia)
Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou cienteSaiba mais