Membros de organização são presos acusados de suposto plano para executar policial federal

Operação Degental, da PF (Polícia Federal), deflagrada na manhã desta terça-feira (9), prendeu membros de uma organização criminosa que supostamente planejava executar um policial federal, em Ponta Porã.

Na unidade prisional de Ponta Porã, Ricardo Brandão, os agentes apreenderam cinco celulares. Durante a operação, também foram apreendidos R$ 50 mil.

A ação, segundo informações repassadas à imprensa, foi realizada em conjunto com as autoridades paraguaias, Polícia Militar e Agepen.

Foram cumpridos quatro mandados de prisões temporárias em Pedro Juan Caballero e também Maringá (PR).

Veja também