A mulher disse que o marido vinha “dando em cima” da mãe dela.(Foto: Divulgação)

Uma mulher identificada apenas como Miliane de 22 anos foi presa na noite de ontem Brasilândia depois de matar o marido dela José Ronaldo Rodrigues Santos Barros de 47 anos, conhecido como Ronaldo da Jovelina. O crime aconteceu na casa da mãe da acusada que teria encontrado o marido “dando em cima da mãe” dela durante uma festinha. E que o fato já vinha acontecendo a algum tempo.

Desconfiada da situação ela teria ido até o local e flagrado José Ronaldo. Ela sacou uma faca que trazia na cintura e desferiu um único golpe no peito da vítima que tentou buscar socorro, mas acabou morrendo ao chegar na rua.

Depois do crime Miliane pegou algumas cobertas e um travesseiro e entrou em uma mata nas proximidades e apesar das buscas realizadas por policiais civis e militares ela não foi localizada. Cerca de duas horas depois ela foi localizada na casa de uma parente escondida em uma edícula e presa em flagrante.

Levada para a Polícia Civil de Bataguassu onde foi autuada em flagrante e não negou crime. A faca usada no homicídio foi apreendida pela Polícia Militar de Brasilândia ainda suja de sangue.