Alms

Paraguaio é condenado a 25 anos por assassinato de mulher na fronteira de MS

Marcos Morandi – Midiamax

Víctor Natividad Brítez, um paraguaio de 24 anos de idade, foi condenado nesta segunda-feira (7) pela morte de Larissa Noemí Giménez Candia, de 17 anos. Ela foi assassinada em uma via pública de Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

Apontado como suspeito pelo assassinato da ex-companheira, em 12 de outubro de 2016, Víctor foi condenado a 25 anos de prisão por homicídio doloso. O júri foi composto pelas magistradas Ana Graciela Aguirre Núñez, Nilda Carolina Ocampos e Librada Peralta Céspedes.


Larissa estava atravessando uma rua no centro de Pedro Juan Caballero, acompanhada por sua avó, quando uma pessoa em uma motocicleta efetuou os disparos contra ela.

A menor foi atingida por quatro tiros em diferentes partes do corpo. Ele acabou morrendo no local. Uma câmera de segurança em um estabelecimento comercial na área do crime registrou o momento em que aconteceu o assassinato.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais