Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero

Polícia Civil faz Operação de combate ao tráfico e lavagem de dinheiro em MS

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira (4), operação de combate ao tráfico de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro e crimes patrimoniais como receptação e furto.

Durante a operação, foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva de investigados, nove mandados de busca e apreensão em diversos endereços relacionados ao crime de tráfico de drogas e delitos patrimoniais como furto e receptação; além do sequestro de cinco veículos automotores e de um imóvel de integrantes do grupo investigado.

O primeiro mandado de prisão preventiva foi cumprido em face de homem com 42 anos, investigado pelos crimes de tráfico de cocaína, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro. Durante o cumprimento do mandado de prisão e de busca em apreensão na casa do suspeito, ainda foram encontradas uma arma de fogo calibre 38, com 6 munições intactas, 100 gramas de haxixe, 430 gramas de cocaína, uma balança de precisão, uma prensa artesanal utilizada para o embalo de droga, aproximadamente 172 gramas de ouro avaliadas em R$ 55 mil reais e R$ 472 em dinheiro, além de outros objetos de valores econômicos elevados e incompatíveis com a atividade dos investigados.

O investigado e sua esposa, uma mulher de 30 anos, foram autuados em flagrante pelos delitos de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Ainda na mesma residência foram cumpridas as ordens judiciais de sequestro de veículos e de um imóvel que teriam sido adquiridos pelos investigados com o proveito econômico do tráfico de drogas.

O segundo mandado de prisão foi cumprido em face de outro investigado, de 28 anos, pelo crime de tráfico de drogas, o qual teria sido identificado como fornecedor de drogas em Ivinhema. Através dos outros mandados de busca e apreensão cumpridos em diferentes endereços investigados, uma mulher de 26 anos foi presa em flagrante por receptação, após uma joia, produto de furto em residência, ter sido encontrada em sua posse e dois adolescentes, um de 13 e outro de 16 anos, foram apreendidos em flagrante, um pelo crime de tráfico de drogas e outro pelo crime de portar drogas para consumo pessoal. Ambos os adolescentes foram liberados para os responsáveis legais após procedimento previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente.

“Operação Casa de Papel” faz referência ao apelido do alvo principal da ação, conhecido pelos demais investigados pelo apelido de “Professor”, o qual foi preso preventivamente e autuado em flagrante pelos delitos de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.

Participaram da operação policiais civis lotados nas Delegacias de Polícia de Ivinhema, Angélica, Batayporã, Taquarussu, Bataguassu, Santa Rita do Pardo e Nova Andradina.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou cienteSaiba mais