A Polícia Civil de Dourados prendeu o assassino de Larissa da Silva Cruz, de 18 anos, encontrada morta com aproximadamente 30 facadas no final da manhã de ontem (15), na antiga pedreira de Dourados.

O principal acusado do crime identificado como Luciano Pedroso de Oliveira, de 25 anos, estaria tentando fugir para São Paulo. A prisão aconteceu em Bataguassu.

Para o crime, Luciano que sabia da intenção de Larissa em terminar o relacionamento, a atraiu para o local da execução com a desculpa de “verem a lua” já que sempre iam naquele local.

Após o assassinato, ele pegou um ônibus até Campo Grande e seguiu para o município que faz divisa com o Estado paulista.

Luciano deve chegar a Dourados ainda na manhã de hoje, quando o delegado de Polícia Civil, Rodolfo Daltro, concedera uma entrevista coletiva às 9h para detalhar a prisão do acusado e a motivação do crime.