Polícia Federal deflagra operação ‘Área Restrita’ em MS e mais 5 estados

Deflagrada na manhã desta quarta-feira (28), pela PF (Polícia Federal), a operação ‘Área Restrita’ que investiga ataques cibernéticos a várias universidades federais do Brasil, entre elas, a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), em Dourados.

As demais instituições são UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), UFT (Universidade Federal do Tocantins), UFAL (Universidade Federal do Alagoas) e UFBA (Universidade Federal da Bahia).

Conforme nota emitida pela Polícia Federal, o ataque investigado consistiu na invasão dos sistemas de informática das universidades, promovendo ‘defacement’ (processo de modificação do conteúdo que é exibido em um site) ou pichação, causando danos aos bancos de dados das universidades.

O ataque hacker investigado conseguiu acesso de usuário com nível privilegiado nos sistemas, ao explorar a vulnerabilidade de um software ligado a componentes obsoletos e sem atualização.

A partir disso, foram implantadas ferramentas para a captura de senhas de usuários administradores.

Em Dourados, ainda conforme a PF, foi expedido pela Justiça Federal, um mandado de busca e apreensão, cumprido na cidade de Guarulhos (SP).

Veja também