Polícia investiga ritual macabro em cemitério de Pedro Juan

A realização de um ritual macabro na noite de domingo (15), no Cemitério Central de Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com Ponta Porã, chamou a atenção da Polícia Nacional. O caso foi denunciado pelo zelador do local, Reinaldo Raúl Sanabria.

Na ocorrência registrada na delegacia de polícia de Pedro Juan Caballero, Sanabria relatou que ao chegar no trabalho se deparou sal grosso, prato com pipocas, velas pretas, rosas e brancas. Ele também contou aos policiais paraguaios que encontrou galinhas pretas com os pescoços cortados.

Segundo informações da Polícia Nacional, a prática desse tipo de ritual, conhecido payé é proibida em locais públicos. Ainda segundo o zelador, alguns jovens costumam frequentar o cemitério para fumar maconha e também para roubar objetos de bronze.

Veja também