Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero
Casino topo

Polícia registra homicídio e suicídio na fronteira como ‘morte a esclarecer’

A Polícia Civil de Ponta Porã registrou o homicídio e o suicídio ocorridos na noite de ontem (24), no Distrito de Nova Itamarati, como ‘morte a esclarecer’. Alejandro Antônio Aguilera, de 41 anos, atirou conta a esposa, Eliane Ferreira Siolim, de 34.

A informação é que o homem teria atirado cerca de 17 vezes contra a vítima, e depois, se matado.

Como mostrado pelo Ponta Porã News, houve um churrasco e por volta de 12h algumas pessoas teriam ido embora, entre elas, a filha do casal, de quarto anos.

Antes do crime, Alejandro e Eliane teriam discutido após um vídeo publicado em uma rede social da mulher dançando funk.

No entanto, a polícia não confirma que o crime teria sido motivado por isso.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou cienteSaiba mais