Preso com pistola e espingarda era foragido da PF e usava nome falso

Na noite desta quinta-feira (16), dois indivíduos foram presos pela Polícia Militar em poder de uma pistola calibre 45 municiada. Os policiais ainda encontraram na residência de um dos homens, diversas munições, inclusive de outros calibres, além de uma espingarda de pressão modificada para calibre 22.

O indivíduo que se apresentou como dono das armas e munições identificou-se como Antônio Peri de Souza, 46 anos. Na manhã de hoje (17), o DRACCO (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) da Polícia Civil através de acompanhamento especializado de integrantes de organização criminosa e em de troca de informações com a Polícia Federal de Dourados e a GISP (Gerência de Inteligência do Sistema Penitenciária), descobriu que o preso na realidade se tratava de Mauro Ferreira de Barros.

Mauro é foragido da Polícia Federal, desde 2017 e está com mandado de prisão por sentença definitiva. Ele é condenado a 11 anos, 4 meses e 12 dias por tráfico de drogas e ainda conta com registros criminais por roubo qualificado. O Dracco apurou ainda que Mauro vem se valendo de diversos nomes falsos nos últimos anos.

Em 2 de maio do ano passado, por exemplo, também em Campo Grande, foi preso por lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, ocasião em que se identificou como sendo Rogerio Rodrigues Ferreira. A polícia apura outras identidades que estariam sendo usadas por Mauro.

Veja também