Rastros: PF deflagra operação contra quadrilha que transportava cocaína por trilhas clandestinas

Deflagrada nesta quinta-feira (19), pela Polícia Federal, a operação Rastros que mira uma quadrilha que transportava cocaína por meio de trilhas clandestinas entre o Brasil e a Bolívia.

São cumpridos um mandado de busca e apreensão, e outro de prisão preventiva, em Campo Grande. Segundo a PF, as investigações tiveram início após a prisão de um brasileiro e apreensão de um adolescente em 2021.

Com eles, foram apreendidos certa quantidade de cocaína.

A quadrilha usava trilhas clandestinas que ligam o Brasil e a Bolívia. A identificação dos membros foi possível por meio dos rastros — pistas — deixados pelos criminosos.

Com isso, conforme o Midiamax, foi possível identificar quem seria o responsável pela coordenação da aquisição da droga e logística de transporte da entre os dois países.

Nome da operação

O nome da operação faz referência tanto à língua espanhola, na qual ‘rastro’ significa trilha, quanto à língua portuguesa, na qual pode significar “pistas.

Veja também