SENAD apreende carga de maconha que seria enviada ao Brasil

No andamento de operações conjuntas entre equipes da Força Naval e Agentes Especiais da SENAD baseados em Salto del Guairá, no Paraguai, na tarde deste sábado (1º) foi apreendido um barco utilizado no transporte de entorpecente. O barco estava nas margens do rio Paraná com uma carga de 337 quilos de maconha.

Policiais levantaram indícios de que o carregamento de maconha seria transportado à noite para o território brasileiro. O procurador Vicente Rodriguez ordenou o encaminhamento da droga e demais provas à sede da Prefeitura Naval para os procedimentos de praxe.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais