Sul-mato-grossense e filho de 11 anos são assassinados a facadas em SP

A sul-mato-grossense Elizabete Augusto da Silva, de 47 anos, e o filho, de 11, foram mortos a facadas na última sexta-feira (15), em Caraguatatuba (SP). O suspeito seria ex-companheiro da vítima, que cometeu suicídio depois do crime.

O caso só foi divulgado nesta quarta-feira (20).

Segundo o Campo Grande News, o crime ocorreu na residência onde ela morava com o filho, no Bairro Perequê Mirim. O homem invadiu o imóvel, esfaqueou a mulher, em seguida matou a facadas o filho dela e, em seguida, se matou.

Os óbitos foram constatados pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel).

Uma faca e um celular foram apreendidos no local, sendo o caso registrado como feminicídio, homicídio e instigação ao suicídio na delegacia de Caraguatatuba.

Foi constatado também, ainda conforme o site, que a vítima já tinha medidas protetivas contra o autor.

Mãe e filho foram velados e sepultados no domingo (17), no Bela Vista Cemitério Parque. Ela era moradora de Arapuá, distrito de Três Lagoas, onde possui familiares, e mudou-se para São Paulo depois que se casou.

Veja também