A Polícia Nacional do Paraguai agiu rápido e poucas horas depois da execução de Fredy Echague Bordon, colocou na cadeia três homens acusados pelo crime que feriu com gravidade a menina Brenda Micaela Arguello González, de 6 anos, além de uma mulher de 36 anos.Brenda está em estado grave no Hospital Universitário de Dourados depois de ser operada no Hospital da Vida. Ela respira por aparelhos. As duas foram feridas por balas perdidas.

Ontem a noite (20) foram presos Alex Rodrigo Ferreira conhecido como Palermo, Pedro Andrés Rotela, 28 anos, Richard Domingo Campuzano, 19 anos. Com eles foram apreendidas armas munições, e uma grande quantia em dinheiro.

A polícia informou que os três seriam integrantes de uma facção criminosa, mas não disse qual a relação deles com o crime e a motivação do assassinato de Fredy.