Vigilante baleado por colega de trabalho morre em hospital

Morreu na madrugada desta quarta-feira (2), em Três Lagoas, região Leste do Estado, o vigilante Rodrigo Santos Fonseca, 46. No dia 26 de fevereiro ele acabou baleado pelo colega de trabalho, identificado como Moacir, 34, dentro da Escola Municipal General Nelson Custodio de Oliveira, onde ambos trabalhavam.

A vítima estava internada no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

De acordo com o Campo Grande News, os dois servidores tiveram discussão e chegaram a trocar socos. Logo depois, Moacir atirou contra Rodrigo.

A vítima foi atingida no tórax, perna e braço direito e passou por cirurgia para conter hemorragia no fígado, causada pelo disparo no tórax, mas não resistiu aos ferimentos e morreu nessa madrugada.

O motivo da discussão não foi revelado até o momento e a polícia faz buscas por Moacir.

Veja também