Foi realizado, na data desta terça-feira (27), exercício simulado de fiscalização eleitoral com drones. O treinamento consiste em simular supostos crimes eleitorais (compra de votos, boca de urna, transporte irregular de eleitores, etc.) em via pública, momento em que o veículo aéreo não tripulado faz varredura na tentativa de localizar e identificar as condutas e os infratores, repassando as informações a uma equipe policial em terra para a abordagem.

As aeronaves possuem câmeras de longo alcance, capazes de identificar suspeitos e placas de veículos, com imagens de alta nitidez. Trata-se de mais uma ferramenta a ser utilizada no combate aos crimes eleitorais, de modo a garantir a isonomia do pleito.

O objetivo do exercício é dar prática operacional aos Policiais Federais de Naviraí para atuação no combate ao crime nas eleições municipais do dia 15 de novembro. A intenção é que os equipamentos sobrevoem as zonas eleitorais de modo a inibir e flagrar a prática de condutas ilegais no dia da votação.

O método faz parte de uma força tarefa e será utilizado em todo o território nacional.