Rose Modesto lança candidatura ao governo de MS

Durante convenção do União Brasil realizada na noite de ontem (22), a candidatura da deputada federal, Rose Modesto, ao governo do Estado de Mato Grosso do Sul foi oficializada. O pleito geral acontece no dia 2 de outubro de 2022.

O União Brasil é o primeiro partido a realizar convenções partidárias em MS.

Segundo o Midiamax, estavam presentes na mesa a presidente regional do União Brasil no Estado, senadora Soraya Thronicke, a candidata Rose Modesto, o secretário-geral do partido e atual vice-governador Murilo Zauith, o nome da sigla para o Senado, Luiz Henrique Mandetta e o presidente estadual do Podemos – partido que firmou aliança com o União Brasil em MS -, Sérgio Murilo.

“Depois de 44 anos, depois de 11 governadores, teremos a oportunidade de ter uma governadora mulher”, destacou Rose.

Ela agradeceu a confiança depositada por Soraya Thronicke, que fez o convite para a candidatura e também agradeceu o apoio do presidente do Podemos, Sérgio Murilo.

“Meu propósito é cuidar, venho fazendo isso desde menina e quero agradecer minha família, pois foi com eles que aprendi a cuidar, a servir. A política é um lugar de gente que gosta de gente, que gosta de cuidar de gente”, disse.

O evento contou com participação virtual do presidente nacional do União Brasil, o pré-candidato à Presidência da República, Luciano Bivar, que destacou o fato de Rose ser a única candidata mulher ao governo do Estado pelo partido em todo o país. “Desejo a você muito sucesso. É muito importante a força que você vai dar para todo o MS e o Brasil sendo governadora”, comentou.

Vice será anunciado até 15 de agosto

Ainda conforme o site, a senadora e presidente do diretório regional do União Brasil em Mato Grosso do Sul, Soraya Thronicke, disse que o partido convidou o atual vice-governador Murilo Zauith – secretário-geral do União Brasil -, para ser vice na chapa de Rose Modesto.

“Ata permite que determino isso [nome do vice] posteriormente. Queremos que todos fiquem confortáveis. É grande a disputa para esse cargo. Iremos anunciar em breve [o vice] e meu convite ao Murilo permanece”, destacou Soraya.Outros nomes estão ‘no páreo’, caso o vice-governador recuse o convite.

Há dois dias, em agenda em Dourados, Rose afirmou que queria um vice de Dourados, ao lado do próprio Murilo. “Se depender de mim, o nome sairá de Dourados”.

Murilo não confirmou que seria o indicado para a chapa pela executiva, e deixou no ar. “Penso que possa ser eu, mas por que sempre o Murilo? Pode ser qualquer um que a executiva indicar. Quem indicar e aceitar será o vice”.

Veja também