Sérgio Murilo é exonerado da Segov e adjunto assume

A edição do Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (1), traz a exoneração de Sérgio Murilo da Segov (Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica).

Ele ocupava o cargo há aproximadamente três meses e havia pedido para deixar a função na segunda-feira (28), após o lançamento do programa Retomada MS.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), nomeou interinamente, o atual adjunto da Segov, Flávio César Mendes de Oliveira.

O Estado e Sérgio Murilo justificaram que a saída foi um pedido do Podemos, partido presidido pelo ex-secretário em Mato Grosso do Sul, para que sejam iniciadas tratativas em relação às eleições gerais no ano que vem.

Veja também