Waldecir Fernandes quer cardiologistas atendendo nos postos e melhorias no Marambaia e Ibirapuera

O vereador Waldecir Fernandes está solicitando que a prefeitura proporcione o atendimento de médicos cardiologistas nas Unidades Básicas de Saúde. O parlamentar efetuou o pedido por meio de uma indicação apresentada na sessão ordinária de 5 de abril, na Câmara Municipal de Ponta Porã.

O pedido foi encaminhado ao prefeito Hélio Peluffo com cópia ao secretário municipal de Saúde, Patrick Derzi.

“Acreditamos que a contratação de mais médicos especialistas em cardiologia nas Unidades Básicas de Saúde, para atender em nosso município, possibilitará atendimento mais ágil, e que possa atender à demanda da comunidade. Pois viria a beneficiar aquele público proporcionando melhor qualidade de vida à população”, justificou.

Jardim Ibirapuera

Waldecir Fernandes tambéma presentou indicação solicitando ao Prefeito e ao Diretor de Cadastro Imobiliário do Município, Armando Matoso, que sejam nominadas as ruas do Jardim Ibirapuera.

Segundo ele, “a nominação das ruas em muito contribuirá no sentido de facilitar o trabalho dos prestadores de serviços, tais como correio e comércio em geral, além de ajudar a população que, assim, conseguirá receber suas correspondências e entregas com tranquilidade e no tempo hábil. Outro motivo é que o bairro enfrenta estes problemas e possui ruas ainda não identificadas adequadamente, e o nome de uma rua é muito importante e sendo identificado o endereço, juntamente com o bairro, o CEP, o número do imóvel a cidade e o estado”.

Marambaia

Waldecir Fernandes também solicitou, por meio de indicação, a construção de faixa elevada na frente ao supermercado Sol, na avenida Vinicius Soares do Nascimento, no Jardim Marambaia.

“A referida indicação visa à implantação de faixa elevada para travessia de pedestres na via, pois tendo em vista que a mesma possui grande tráfego de veículos o que dificulta a passagem dos pedestres funcionam como uma excelente ferramenta no trânsito, cujo objetivo é de oferecer segurança, de forma a melhorar a acessibilidade, proporcionando aos condutores maior visibilidade nas travessias. Além disso, agem como redutores de velocidade no local, inibindo riscos aos pedestres e condutores que pela via trafegam”, argumentou Waldecir no documento encaminhado ao prefeito e ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, André Manosso.

Veja também